Após ser preso homem se enforca na cela da delegacia

Policiais Militares prenderam na tarde desta quinta-feira (14), Evanilson Silva Nascimento 23 anos, morador da comunidade Campinas, o mesmo foi encontrado com algumas “paradas” de entorpecentes. Após os procedimentos de rotina o mesmo foi colocado em uma cela  da delegacia de  polícia de Sena Madureira, onde aguardaria para ser enquadrado pelo crime cometido.

Por vota das 18:50hs, possivelmente por conta de sua prisão, Evanilson se enforcou com uma cueca,  dentro da cela que ocupava na delegacia, não chegando a morrer devido a pronta intervenção de um  policial civil, que ouviu os gritos de outro preso que pediu socorro. Nesse instante o policial cortou a cueca e o mesmo caiu desacordado, sendo preciso reanimá-lo por três vezes,  antes da chegada da viatura da unidade penitenciária, que na ausência do SAMU, foi solicitada levando a vítima para o PS local, onde  encontra-se ainda em observação.

Os policiais e os carcereiros que são responsáveis pela guarda e custódia de presos, muitas vez fazem além de suas obrigações, como neste caso prestando socorro a vítima de enforcamento, mais pela graça de Deus e pela pronta intervenção de um policial que muitas vez é acusado de ser desumano, esse jovem permanece vivo e poderá contar aos familiares os motivos de ter tentado contra a sua própria vida. Porque nesses casos, o primeiro a ser acusado pela sociedade bandida e muitas vez pela própria família é o policial, o carcereiros, que estão alí muitas vez fazendo além do seu trabalho de mante-lo preso. O policial faz o trabalho de psicólogo, assistente social, padre, doutor  e até mesmo de carcereiro, mas em um descuido, o preso tenta por fim a própria vida, onde muitas vezes o policial passa de herói a vilão.

S24

Comments:

Mais Notícias